Inspirassion

Escolha Palavras Elegantes
111 Adjetivos para descrever  brilho

111 Adjetivos para descrever brilho

Ao fundo, uma cama austera, toda branca em seus lençóes e colchas, sob os quaes desenhava-se um corpo longo, pouco amplo, de que apenas via-se, repoisada em grandes travesseiras alvas, uma cabeça de mulher, encaixilhada em bastos cabellos negros, lustrosos, apenas aqui e ali, de longe em longe, irisados de fios brancos que desprendiam o brilho metallico da prata polida.

As agoas correntes, saltantes, lusidias, despediam um brilho mais vivo, n'uma pressa mais animada.

O mesmo brilho agudo, como a lamina d'um bisturi feriu tambem

Dir-se-hia que n'essa conjunctura, em que a sociedade e a monarchia se transformavam, se tivera presente o pensamento da lei de 3 de agosto de 1770, que consagrava a amortisação dos latifundios como meio de conservar uma opulenta aristocracia hereditaria que cercasse de falso brilho o throno de um rei absoluto.

Aspirava A. Herculano a encaminhar por meio d'elles a revolução litteraria que nascera para nós com a recente mudança de instituições politicas e que, sob o ponto de vista poetico com intenso brilho fôra iniciada por Almeida Garrett, com os dois poemas D. Branca e Camões.

Os olhos dardejavam-lhe um brilho especial.

O mais commum dos minérios de prata, malleável, pardo e de brilho metállico.

E a gloria d'elle é cousa fraudulenta, Como quem na vaidade tem a palma: Tem na paixão seu brilho mais formoso E das paixões tambem some-o a tormenta...

As folhas dos arbustos Tinham o brilho meigo, avelludado

Insectos hemípteros, que durante a noite expedem um brilho phosphorescente.

mas lagrimas congeneres com as do velho mareante saltaram-me dos olhos, quando pela primeira vez penetrei por entre o brilho sombrio e os perfumes acres das Flôres do Mal.

Gosto de vêr perolas no fundo das minhas aguas, e os teus olhos são d'um brilho mais suave do que as perolas mais ricas que eu tenho possuido.

Mais desmaiado e mais consumido de physionomia, do que antes dos ferimentos, os olhos conservavam, todavia, o antigo brilho, offuscado n'este momento por um véu de contemplativa melancholia.

Metal de brilho amarelo, que se cunham as moédas de maior valor e fabrícam certas jóias.

E como se não cingiu ás formulas inconstantes da moda litteraria, como, em vez de martellar n'um molde o plaqué d'uma rethorica falsa, lavrou o seu pensamento no oiro puro do verbo classico, a sua obra não envelheceu, não desbotou, nada perdeu do seu brilho primitivo, e hoje, como ha treze annos, fulgura com o inextinguivel esplendor do talento.

Ora a litteratura romantica que José Estevão respirou nos melhores annos da vida, n'aquelles em que mais o podia seduzir e maior influencia podia exercer na disciplina ou indisciplina do seu coração, a litteratura romantica, na sua constituição moral, distinguiu-se pela adoração de duas divindades, que serviu com ardor e brilho incomparavel:a felicidade do homem e a natureza.

Pude então examinar de perto a extructura d'esta vasta crypta de granito em que sobresahia a mica branca argentina de extraordinario brilho, rajada de veios magnificos de mica preta, de feldspatho e quartz, com malhas de porphyro e semeado de palhetas de ouro e prata,um mosaico soberbo,chamando-me particularmente a attenção, uns caracteres que mais pareciam obra de arte levada ao maior apuro d'execuçâo;

E um extranho velho, de longos cabellos brancos, barbas brancas, que lhe comiam a face côr de tijolo, assomou no vão da porta, apoiado a um bordão, com uma caixa de lata a tiracolo, e cravou em Jacintho dous olhinhos d'um brilho negro, que faiscavam.

Não era o vulgar brilho da belleza, Nem o ardor banal da mocidade...

A derradeira vez que o encontrei em Lisboa foi no Raton'uma festa de raro e delicado brilho.

N'essa tentativa ia ainda um exemplo paterno, porque não deve esquecer a ninguem que Antonio Feliciano de Castilho redigiu por algum tempo, com inexcedivel brilho, a Revista universal lisbonense.

E os orvalhos que a manhã fez diamantes, e as turgidas sementes a crescerem, seu doce brilho e

E o Mar refulgia com um brilho safírico, na quietação da manhã branca e còrada.

No mais estreito, no mais tremulo e humilde raio de luz, coado a custo por entre duas nuvens, se estuda e está o segredo do brilho immenso e inefavel que innunda as alturas, se patente o misterio da maior gloria dos esplendores celestes.

Têr brilho, semelhante ao das centelhas.

Mas a sua veneranda face não resplandecia, como em Paris, com um tão sereno e ditoso brilho de ebano.

«E o caso não é para menos, porque a série dos fracassos tornou-se interminavel, assumindo mesmo, não raro, um tom burlesco que não é precisamente o que mais quadra a realezas e palacianismos, nem com maior brilho e lustre exorna as monarchias.

Para vermos como debaixo da grandeza e brilho exterior d'esses dois reinados ia lavrando a dissolução social, seria necessario saír do cyclo a que me pareceu deverem limitar-se estas cartas, isto é, do que propriamente se póde chamar edade média portugueza.

Ha danças sensuaes no brilho fixo da luz...

Aspirava A. Herculano a encaminhar por meio d'elles a revolução litteraria que nascera para nós com a recente mudança de instituições politicas e que, sob o ponto de vista poetico com intenso brilho fôra iniciada por Almeida Garrett, com os dois poemas D. Branca e Camões.

Lançar brilho fosforescente.

E nunca realmente tanto prendera, assim clara e fina, com os verdes olhos refulgindo como esmeraldas lavadas, uma ondulação mais lustrosa nos pesados cabellos, um macio rubor transparente, todo um fresco brilho de flôr regada, de flôr revivida, apesar do acanhamento que lhe immobilisava os dedos ao erguer a colhér de prata dourada.

Em torno d'esses astros de primeira grandeza gravitam milhares de satellites de um brilho fulgurante e deslumbrador.

Mas então o brilho fulvo do metal precioso ia, pouco a pouco, embaciando, tomava uma alva côr de carne, quente e tenra; a magreza de Messias triste, mostrando os ossos, arredondava-se em fórmas divinamente cheias e bellas;

elle, com talentos superiores, um tal brilho historico, jazeria esquecido e resmungando como um côxo n'uma estrada quando passa a romaria.

Reflexo frouxo, alterado, produzindo frequentes distorções do modelo abstrusas até á caricatura, fazendo degenerar por vezes largos gestos divinos de gigantes em esgares de anões impotentes, mas reflexo authentico em todo o caso, constantemente derivado d'aquella mesma luz e, em maré de fortuna, valha a verdade, reproduzindo-a com um brilho igual ou superior ao do fóco d'origem, aliás deslumbrante.

É que, sendo elle um artista, na rigorosa accepção titular da palavra, namorado do ideal, amando a Arte com religioso fanatismo, vivendo na extatica adoração de tudo quanto ella sobredoira do seu brilho immortal, é ao mesmo tempo um funccionario exemplar, um delegado do procurador regio, que viu de repente o seu nome respeitado e temido, de tal sorte

De immoto brilho, poderoso e terno...

o sorriso, por traz do véo espesso, conservava um brilho immovel.

Um brilho impassivel, que achei quasi cruel!

Se veste de um brilho incerto

Depois, fixando sobre nós os olhos miudos que dardejavam um brilho inexoravel e frio, proseguiu, sempre de manso e subtil: Mas em verdade vos digo, que esse Rabbi de Galilêa deve morrer!

Teve a nossa criança, emquanto o foi, e segundo vos disse, uns olhos de formoso brilho, vividos, buliçosos perscrutadores insaciaveis, e de um alcance desmedido.

Os olhos claros e vivos, No seu brilho insinuante, Reflectem a cada instante Milhares de sensações.

Um largo brilho de relampago alumiou o rio.

e quando os seus olhos de violeta, atravessados d'um brilho leal e timido, se erguiam a procural-a, ella experimentava não sei porque, tamanha melancholia e quebramento, que se ficava ainda com mais pena de ser mulher de Fernando, um tostado, para mais grosseiro e leviano.

d'aquelle brilho metalico que reluz na pupila impassivel dos carnivoros.

Nos aparadores, as pratas resplandeciam, iluminando-se de súbitas claridades; o esmalte das porcelanas pintadas faíscava de brilhos metálicos;

depois, quando a tentadora rodelita de prata ou de oiro traçava o seu meteórico brilho pelo espaço, êles atiravam-se a nado, de braços em ponta, como flechas, havia um abundante chapinhar nas águas, e daí a segundos um dêles reaparecia, amostrando e apertando a codiciada moeda na ponta do focinho triunfante.

nem uma luz, para o animar, avivou o seu brilho mudo:

Para as pessoas extranhas elles eram, sobretudo, um prestigioso casal de diplomatas a quem sobravam intelligencia, elegancia, tacto e brilho mundanos para exercerem completamente a sua missão.

o namorado brilho dos olhos desluziram-lh'o as lagrimas de uma noite desvelada á cabeceira de creancinha enferma; sorrisos de amor ou desdem perderam a doçura ou o agro, a ninguem enlouquecem de jubilo ou desesperação:

O brilho dos olhos, tão notavel n'estas longas agonias, denunciava a lucta desesperada da energia animal contra a morte proxima.

São as mais das vezes as vibrações cantantes do nosso mundo interior que ao mundo exterior emprestam todo êsse decantado brilho objectivo.

Eram sempre as mesmas constelações fulgurantes, a mesma pregaría de fogo, o mesmo brilho orgíaco, aqui semeado ao acaso por entre flócos de neve ardente, ali afirmando aladamente no espaço o seu fulgor solitário.

O diamante e o ouro tem o poder sobrenatural de fascinar o rei como fascina o proletario, e se Böers e Gricuas estavam offuscados pêlo brilho dos diamantes Africanos, a Inglaterra não deixou de se commover ás scintillações dos seixos preciosos, e decidio logo no seu cèrebro intelligente e cùpido, que a terra Gricua era sua e não podia ser d'outrem.

Mais bella e serena que nunca surgiu ella ás dez horase toda a noite, sob o seu calmo e pensativo brilho, na mudez da vastidão, caminhámos, caminhámos...

As figuras cedem a sua luz ficticia ao brilho permanente da verdade.

Na pequenez da Baixa e do Aterro, onde todos se acotovelavam, os dois fatalmente se cruzam: e com o seu brilho pessoal, muito fatalmente se attrahem!

A voz foi-se-lhe enfraquecendo, até que se calou; estava macilento, tiritando de frio; a vista com um brilho phosphorecente, felino.

O brilho picante dos seus dentinhos miudos fez desabrochar dentro em mim uma flôr de madrigal.

Significava assim que entrara em o declinar dos annos por haver passado os quarenta e cinco, ao passo que D. Briolanja estava em pleno brilho da mocidade.

De immoto brilho, poderoso e terno...

Tal se me affigurava a minha ingenua correspondente, irradiando d'aquelle modo até a mim, do interior do seu pacifico retiro, o poetico brilho dos seus affectos innocentes.

E as alegrias da posse, quando o objecto longo tempo cubiçado, para alcançar o qual se fizeram tantas economias, se supportaram tantas privaçõesinhas, nos apparece emfim em todo o prestigioso brilho do impossivel, que de repente se deixa conquistar!

Mas realmente, meu caro amigo, o José Matias morreu seis anos, no seu puro brilho.

ás vezes trazia, á antiga moda hespanhola, uma flôr entre os cabellos; o forte e fresco ar do campo avivava com um brilho mais quente o mate eburneo do seu rosto;e assim, simples e radiante, entre sol e verdura, ella deslumbrava Carlos cada dia com um encanto inesperado e maior.

A tyrannia, aniquilado o sceptro, como livido espectro transpunha os umbraes da soledade; e um povo inteiro, a quem a paz inflora, salvava estrepitoso o brilho radioso da augusta Liberdade!

E Amaro, surprehendido, viu uma agradavel creatura de quasi quarenta annos, forte de peitos, ampla de encontros, muito branca no pescoço, com duas ricas arrecadas, e uns olhos negros que lhe lembraram os d'Amelia ou antes o brilho mais repousado dos da S. Joanneira.

Diz-se do mineral, que póde adquirir brilho meio resinoso.

O laboratorio de Carlos estava promptoe muito convidativo, com o seu soalho novo, fornos de tijolo fresco, uma vasta meza de marmore, um amplo divan de clina para o repouso depois das grandes descobertas, e em redor, por sobre peanhas e prateleiras, um rico brilho de metaes e crystaes; mas as semanas passavam, e todo esse bello material de experimentação, sob a luz branca da claraboia, jazia virgem e ocioso.

E o sol rubro da aurora ia-se erguendo, pausado e lento, seguro da sua força e omnipotência, sorrindo ao esforço humano e afagando-o, latejante de brilhos sanguíneos, porventura misteriosamente repassados do mesmo filtro que repassa o coração e o inunda de amor quando o anima.

«brilho saphírico».

E estirando-se de costas, com um brilho secco nos olhos, fallou-me logo da titi.

desejo que me deixe viver sob essa influencia, que, emanando do simples brilho das suas perfeições, tão facil e dôcemente opéra o meu aperfeiçoamento.

Aos seus pés Lecomte de Lisle e Baudelaire faziam duas constellações de adoravel brilho: e o seu encontro fôra para nós um deslumbramento e um amor!

Depois do brilho social do dia não o esperava na alcova um mostrengomas Venus.

Houve um intervalo quase sobrenatural de brilho solar, em que o superintendente de Notting Hill, com toda a placidez de um espectador, olhou os exércitos hostis sobre os grandes espaços de vegetação do lado oposto; as longas tiras de verde, azul e ouro estavam sobre todo o parque em quadrados e retângulos como uma proposição de Euclides forjada em um rico bordado.

Não sei que transparente brilho de lagrimas lhe empana os olhos.

, fita o astro da noite, que, reflectindo-se sobre as aguas do Tejo as cria de um brilho triste e melancholico.

Apagarás teu vacillante brilho.

Ha tempos que derrama um brilho vago, incerto, E em nuvens de tristeza agora anda encoberto.

Achei-o todo vestido de tenaz era viçosa; e ornado de verde brilho, lembrou-me um velho casquilho que espera noiva formosa.

E Paulo, calado, n'um fauteuil a um canto, sorria para si proprio, olhando a figura indecisa de Clara, os cabellos loiros, na sala como enevoada onde apenas o fogão, por baixo do para-feu, tinha um brilho vermelho.

Sob os feixes de luz que sahiam dos lustres, os esplendores setinosos da cabelleira preta, o vibrante brilho dos olhos aveludados, a faisca viva do sorriso, coruscavam clarões femininos, scintillamentos de parisiense, para quem o verdadeiro sol é a luz das soirées.

Com difficuldade conseguiu observar os traços physionomicos do homem: uma physionomia intelligente, magro, cabellos ainda pretos, apparentando ter uns 45 annos, com uns olhos tão negros que lhe pareceram d'um brilho singular.

Cavalleiro de alto brilho, Por Dom Fuas educado

Esse, porém, póde ser admirado em toda a sua gloria, quando se abre a sala da ceia: então está sobre o seu pedestal, ao centro da mezaque lhe põe em torno, com os crystaes e os pratos, um amavel brilho d'aureola caseira.

No emtanto com o raiar de novo dia Era a Lua no brilho amortecida, E as estrellas mais proximas do oriente Se engolfavam na luz do Sol nascente.

Com esta concepção da fórma esthetica coincide o brilho anteposto á côr.

Rodeia-lhe o pescoço o frio laço E a victima formosa E ao ver fugir da vida os aureos brilhos diz «Filhos, meus filhos!...»

Mas onde dotes de eloquência rara, ou àsas de inspiração profunda, que possam apanhar em síntese as vibrações que enchem estes ares de harmonias, ou iriar com brilhos aurifulgentes as facetas rútilas do alto sentimento

As velhas salvas de prata, batidas pelas chammas das velas de cera, punham no fundo do altar um brilho branco de Gloria.

E logo uma idéa sulcou-me o espirito com um brilho de visitação celeste...

A lareira flameja: e alumia a face de nosso Pai, que o esfôrço da Vida embelezou, onde os beiços se adelgaçaram, e a testa se encheu com o lento pensar, e os olhos sossegaram num brilho mais certo.

Astro de brilho constante,

Era uma estrella enorme, de brilho coruscante, que parecia haver atravessasado a teia da Via Lactea, tendo della trazido um rutilo farrapo que a seguia atravez do espaço.

Era a paixão meridional do verso, da sonoridade, do Liberalismo romantico, da imagem que esfuzia no ar com um brilho crepitante de foguete, conquistando emfim tudo, pondo uma palpitação em cada peito, levando chefes de repartição a berrarem, estirados por cima das damas, no enthusiasmo d'aquella republica onde havia rouxinoes!

porêm a maior extensão dêste chato parque embrionário,meio square, meio pântano,é povoada por uma fruste vegetação arbustiva, sem brilho, froixa, mal cuidada; e avenidas inteiras orladas por pobres palmeiras dépaysées, o tronco anão, a folhagem esfarrapada e lívida, que na sua enfermiça invalidez são um eloqùente protesto mudo contra a incongruência edílica, arrefecem o ambiente e tornam a perspectiva dolorosa.

E a surpreza do Ega, a cada nome evocado, era o curto brilho, o fim brusco de toda essa mocidade estouvada.