Inspirassion

Escolha Palavras Elegantes
87 Adjetivos para descrever  tarde

87 Adjetivos para descrever tarde

Cem vezes na mesma tarde Pize esbelto a feliz rua;

Os homens descobriram-se a fazer uma curta reza, no fim da qual a mulher de Thomé, depois de dar aos presentes as boas tardes, disse, seguindo o caminho de casa: Venham jantar.

Era como se um alegre pintasilgo, vivo, irrequieto, palreiro, fosse do seu ramo florido de amendoeira, por uma tarde serena de abril, pousar, n'um vôo de acaso, na mansarda tristonha de um morcego, em qualquer frincha desabrigada de velho muro, abandonado algures...

Foi ha treze annos, em uma tarde calmosa de agosto, neste mesmo escriptorio, e n'aquelle canapé, que o cego de Landim esteve sentado.

Um dia, ja quasi pôsto o sol, a tarde quente e serena,ou fosse que adormeceu ou que suas meditações a distrahiramo certo é que os rouxinoes gorjeavam ha muito nos loureiros da janella, e Joanninha não voltava.

Rejubilou, aqueceu... e saíu, leve e ufano, todo no fantasioso encanto das delícias da tarde seguinte.

Um dia, um homem publico eminente da Inglaterra repetia esses temores diante do duque de Wellington, e o duque, respondendo-lhe, aconselhou que «se mais tarde ou mais cedo tinham de entrar outra vez em combate, fizessem por todos os meios que fosse o mais tarde possivel.»

O tronco que adornou com verde galla, E onde entre irmãs folgou por tarde amena?

A sr.ª D. Maria manhãs e tardes inteiras á almofada, bordando de branco, de matiz, e a ouro.

Por uma tarde silenciosa...

Está uma tarde linda.

Quando ao sol-pôr, n'uma suave tarde de primavera, nos vamos sentar, profundamente melancolicos, sobre o fraguedo que domina o horizonte, onde os longinquos resplendores do occaso fazem lembrar os reflexos de um palacio aereo illuminado para um sarau cavalheiresco, o nosso olhar tem o condão de não vêr atravez do florido scenario da natureza e do fundo auriluzente do céo mais que o ideial da sua melancolia.

Sim, aqui tenho estado extendido no chão, as mulinhas pastando na relva, os arrieiros fummando tranquillamente sentados, e as últimas horas de uma longa e calmosa tarde de julho a cahir e a refrescar com a aragem percursora da noite.

N'essa tarde luminosa de fins de setembro os cavallos esperavam no pateo desde muito e a Clarinha, impaciente, estava montada.

Mas é tempo de tomar áquella tarde de Novembro, uma tarde clara e fresca, socegada como a nossa casa e o trecho da rua em que moravamos.

Desde essa tarde bemdita houve verdadeiramente, sôbre a terra, um Homem.

Nas tardes tristes, lividas, do outono, E quando chora o coração da gente!

O Santo Christo era, como hoje é tambem para nós, o seu passeio favorito nas tardes melancolicas d'outomnoestação de tristezas e desalentos, que morre lentamente em cada folha que se desprende das arvores, lagrimas silenciosas da natureza, que em breve será de luto, quando o inverno vier implacavel...

Uma tarde linda!...

n'um, que imaginava pertencer ao vapor onde n'essa tarde elle embarcára e onde na seguinte manhã seria levado ao desconhecido destino!

Que tarde encantadora, que festa, que lindo idyllio!

Chegou a côrte aos paços de Almeirim por uma tarde enxuta e serena, posto que bastante fria e nublosa a modo das tardes inglesas.

O divino sermão piedoso e brando, E nem notou que a tarde esmorecia, Que vinha a noite placida baixando...

Porque languida essa frente Descai, quando a tarde espira?

Finalmente, n'uma esplendida tarde de janeiro (que é aqui o mez mais quente do anno) avistámos a costa de Natalcom a esperança de dobrar a ponta de Durban ao sol-posto.

E, por tardes d'almo estio, nas margens do meu rio Vi delicias de encantar....

Depois sorriu, e acalmou como o céo d'uma tarde estiva.

Estava uma tarde explendida.

A philosophia politica, hoje, e ámanhã a philosophia da historia, passarão por ella sem a verem, ou, se a virem por acaso, um sorriso de desdem com estas palavras não fostes logica, senão o epitaphio miserando das vidas, do sangue, das paixões, que uma manhã se ergueram ardentes ao bello sol da liberdade, para cairem á tarde extenuadas, descrentes, exsangues, por isto, porque não foram logicas.

Ao fresco desmaiar da extrema tarde, quando os raios do sol mal doiravam da longinqua palmeira o incerto cume, ¡que vezes, assentada, e sustentando na eburnea mão o pallido semblante, atraz do astro fogoso e fugitivo, mandava o coração, mandava os olhos!

Á vossa sombrinha, nas tardes fagueiras, Que bom que é amar!

Naquella tarde, a tarde fatal, estando ambos a sós, o que era raro e difficil, disse-lhe elle que em breve ia voltar para S. Paulo, levando comsigo a imagem della, e pedindo-lhe em cambio, que uma vez ao menos lhe escrevesse.

O meu amigo Valladares, em uma tarde formosa, passeando comigo no Penedo da Saudade, sentou-se, accendeu um cigarro com perfeição academica, abriu a carteira, e recitou-me os versos, que, um anno antes, me recitára em Alpedrinha.

Chegou por uma tarde fria.

Cada flor d'essa croa é um engano, Como a nuvem das tardes ilusoria, Como o misterio vão d'um vão arcano.

Desde essa tarde infeliz, Fiquei preso da covinha

Chegou a côrte aos paços de Almeirim por uma tarde enxuta e serena, posto que bastante fria e nublosa a modo das tardes inglesas.

Na estação das manhãs regorgeadas e das tardes inspirativas terá v. ex.^a a sua casa bem assombrada de arvores e rodeada de relvas e fontes que retemperem as calmas do estio.

Dizia adeus ás tardes joviais de recreio, adeus a tudo quanto me tinha consolado de viver!...

Numa tarde quieta e quente, como estivessem juntos e Renée tivesse ao cólo um livro que interessava André e de que lhe explicava uma passagem, elle inclinou-se mais sobre o seu braço, quasi a tocar-lhe na musselina transparente da blusa, poude sentir o perfume brando e sensual e, interrompendo mademoiselle, perguntou-lhe bruscamente:

Quando refrescavam as tardes lentas montava, alongava o passeio pelas freguezias, não se descuidando das recommendações do Cavalleiroenchendo sempre o bolso de rebuçados d'avenca para atirar ás creanças.

Nunca o céu lhe pareceu tão azul, nem a tarde tão limpida;

Um meigo sermão n'uma montanha, ao fim d'uma tarde meiga; uma reprehensão moderada aos Phariseus que então redigiam o Boulevard;

Querer á força fazer de um homem triste um homem alegre, parece-me coisa tão insensata e absurda como querer mudar as tardes melancholicas do outono nas risonhas manhãs da primavera.

Está uma tarde linda, azul, morna, diaphana.

Dei-me a imaginar a infancia de Fialho, partilhando daquella melancholia, pelas grandes tardes morrinhentas de Villa de Frades, com todo o primeiro mundo da sua inicial e subconsciente comparticipação da Vida...

nas folhas do bosque frondoso Se desbota a risonha verdura, E co'a aragem que á tarde murmura, Vão caindo dispersas no chão.

E em tardes murmurosas vão-se pôr

Por uma tarde outomnal, triste de spleen e folhas mortas:

Seide, n'um cahir de tarde outomniça, lembra a alma de Camillo.

Apertava-se-me o coração recordando os horizontes que se esbatem ao longe, nas serranias violetas; e o marulhar da multidão irritava-me os nervos, mal me podendo recordar o rumorejar embalante dos pinheirais atravessados pelos ventos em livres carreiras de tardes outonais...

Dizia uma suprema despedida, n'um bosque, por uma tarde pallida d'outono;

E então tambem o tomou a curiosidade de visitar esse claustro onde não entrára desde pequenoquando ainda a Torre conservava as suas carruagens montadas e a romantica Miss Rhodes escolhia sempre o passeio de Craquêde para as tardes pensativas d'outomno.

E os pobres, pelas tardes perfumosas,

Em compensação, que grande kermesse em plena tarde, sob a viva e sagrada cupula das arvores, onde trigueiros e loiros dos dois burgos rivaes, se abraçavam cantando e rindo nos seus luxos domingueiros, cinta escarlate, chapéus de borla, jaleca ao hombro, e a camisa crua de grandes collarinhos molles, acolchetada pelo da goela.

Aquillo lembrava em Veneza as travessias para o Lido, sob os esverdeados céus do Adriatico, por uma tarde assim primaveral.

Sobre outro ardia a lampada, a estranha lampada mourisca, que não se apagára desde a tarde remota em que algum monge, com uma tocha de sahimento, silenciosamente a accendera...

E a tarde rumorosa e repousada.

Eu hontem de tarde sahi para vêr minha mãe.

n'um fim de tarde serena concentrava a vida da cidade.

A primeira vez que visitei a residencia de Fialho, que não é hoje a casita de taipa que os seus construiram, mas uma das melhores da terriola,foi por uma tarde de agosto, uma daquellas tardes de rescaldo que erguem, á volta de nós, serpentes de fogo, e lhe ensinaram, a elle, a sua pintura deslumbrante, á maneira de Rubens, em que a propria côr queima!

d'esse cahir da tarde sombria, da lembrança de morte que fluctuava no arde qualquer coisa emfim que me segredava desalentos e angustias...

Dentro de casa, nas alvoradas hostis ou nas tardes tempestuosas, ocupavam-se na infinidade de coisas gratas que os cuidados da habitação oferecem.

Por uma tepida tarde de primavera, quando o sol se afundava em nuvens

Porêm que depois, de repente, nessa terrível tarde que afinal se volveu p'ra ela numa aurora, ao vê-lo surgir tam milagrosamente e salvá-la, sentiu que se lhe abrira qualquer coisa dentro da alma!

Era n'uma dessas tardes tragicas de Seide, de que o grande escriptor fala nos Serões.

Uma tarde tristissima.

Por que, desde a tarde abominavel do Mirante, estranhamente se apoderára d'elle uma repugnancia quasi pudica em communicar com os Cunhaes!

leria livros dôces e cheios das cousas do céo: sentada na estreita janella da sua cella, veria passar nas mattas baixas os altos paus dos veados, ou pelas tardes vaporosas escutaria o som distante da bagpipe, que vai tristemente tocando o pastor que vem dos valles de Callendar:

Era por uma tarde aprazivel de verão.

ás tardes quando os ultimos e desmaiados raios do sol lhe tremiam na fachada ennegrecida, de madrugada, no meio das neblinas do rio, que phantasticamente o envolviam, a todo o momento emfim, as encantadas memorias da infancia de Bertha adejavam sobre o deserto solar, e as saudades, evocadas por ella, como que se lhe levantavam do coração a encontral-as.

Está uma tarde linda, azul, morna, diaphana.

e subitamente o atomo torna-se colosso, o ponto negro transforma-se em tempestade, e os elementos desencadêam-se, enfurecidos, sobre o mareante, confiado e seguro na tarde bonançosa e estival dos climas tropicaes.

N'estas tardes tão bonitas, havia de ser tão bom andar eu a passear com o meu Affonso!

Bons tardes, sr. Joze.

Dizia muitas vezes a Izabel Rodrigues que a justiça do céo havia de cahir tarde ou cedo sobre o tyranno, e feril-o na mais sensivel fibra do coração, se aquelle coração tinha alguma coisa de humano.

mandou-os vestir para sairem; estava uma tarde calma, o ar carregado, os caminhos cobertos de lama.

Quer isto dizer que será uma tarde cheia.

Uma carroça vinha em doida desfilada, com barulho irritante de velhas molas ferrugentas e guisos casquinando sarcasmos na tarde chuvosa.

Em frente, na casa da Parreira, todas as janelas permaneciam fechadas sob a tristeza da tarde cinzenta.

E era alli, á direita, a arvore que dera sombra, na tarde criminosa, em que o anarchista matára a Imperatriz Isabel.

A primeira vez que visitei a residencia de Fialho, que não é hoje a casita de taipa que os seus construiram, mas uma das melhores da terriola,foi por uma tarde de agosto, uma daquellas tardes de rescaldo que erguem, á volta de nós, serpentes de fogo, e lhe ensinaram, a elle, a sua pintura deslumbrante, á maneira de Rubens, em que a propria côr queima!

Como é de suppôr, Henrique passou uma tarde deliciosa.

nem o saberá o derradeiro filósofo na derradeira tarde do mundo.

Pelas tardes divinas, Quando a côr se dissolve em lagrimas doiradas, Eu vejo duas Sombras pequeninas,

Levanta-se ordinariamente á uma hora da tarde doente, triste, sonhando uns males terriveis, imaginarios.

Todo o seu furor contra o Cavalleiro, acceso na dolorosa tarde do Mirante, revolvido na Torre durante torturados dias, logo se dissipára lentamente depois da sua tocante conversa com a irmã, na manhã historica da briga da Grainha.