Inspirassion

Escolha Palavras Elegantes
Exemplos de frases com  arvores

Exemplos de frases com arvores

Como estas instrucções não tem por objecto formar hum Jardim Botanico; mas unicamente enriquecer hum Museo Nacional, seria superfluo apontarmos o methodo de transportar as arvores e plantas de Paizes Estrangeiros para as transplantar nos nossos terrenos; materia que tem sido admiravelmente tratada por muitos Naturalistas deste seculo; e que a Academia, se o julgar necessario, reduzirá a instrucções compendiosas em outro papel á parte.

Das arvores, arbustos e plantas maiores bastará colher hum ou dois dos ramos mais tenros com o seu fruto, e com as suas flores.

Ha algumas arvores, e ainda mesmo plantas pequenas, cujas folhas, frutos, e flores são tão espeços e succulentos, que não podem seccar-se pelo methodo exposto, sem que fiquem inteiramente desfigurados.

Tambem merecem entrar nas collecções proprias de hum Museo as diversas cascas, que vestem os troncos das arvores, principalmente as que tem algum uso nas Artes;

Parei: e de braços erguidos, fallando ás arcadas do claustro, ás arvores, ao ar silencioso e fino que me envolvia: Ti-Chin-Fú!bradeiTi-Chin-Fú, para te aplacar, fiz o que era racional, generoso e logico!

Quando volveu a si do aturdimento da queda, o homem arrastou-se lentamente até encontrar um cerrado de arvores silvestres, em que pernoitava a passarinhada.

Estou vendo a casinha que tu descrevias defronte de Coimbra, cercada de arvores, flôres e aves.

«A casinha, defronte de Coimbra, cercada de arvores, flôres e aves.

Estas arvores eram minhas, estas fontes eram minhas, até estes passaros, que por ahi cantavam, eram meus, porque emfim vinham fazer ninho e cantar no que me pertencia.

Eu abracei estas arvores, eu bati palmadas n'estes muros, lavei-me n'esses tanques

todos, bebi agua d'essas fontes, deitei-me á sombra d'essas arvores, eu cantei, eu saltei, eu chorei, e a final....

Media o quanto iam crescendo as arvores que plantava e trazia contados os fructos dos pomares.

E n'esse dia eu tambem abraçaria com enthusiasmo aquellas velhas arvores, e ajoelharia para beijar a terra, que os meus antepassados me deixaram.

porque tambem ha d'estas raizes em muitas arvores genealogicas; desengana-te.

§ 1.^oA exempção durará 30 annos em relação aos predios que forem applicados, ao menos em duas terças partes da sua superficie, ao plantio de bosques de arvores de córte, que não sejam pinheiros maritimos, salvo sendo o predio situado na orla do mar oceano, até a distancia de uma legua para o interior das terras, dentro da qual a cultura dos pinheiros maritimos é equiparada á de quaesquer outros arvoredos de córte.

Quando, na praça, entre as arvores, começavam a luzir os candieiros de gaz, a Vicencia punha o seu chale velho de xadrez e ia levar-me ao collegio.

Eu sahia de casa á hora repousante em que se regam as ruas, mais contente que os passaros chalrando nas arvores do campo de Sant'Anna.

um cigarro, indeciso, por debaixo das arvores

E o Acazar, com festões de gaz entre as arvores, e a Paulina cantando, de braços nús, o Chouriço de Marselharevelára-lhe a verdade, a grandeza da civilisação.

Em que sacratissimas ruinas, sob que arvores divinisadas por terem dado sombra ao Senhor, passára ella essa tarde nevoenta de Jerusalem?

V Duas semanas depois, rolando na tipoia do Pingalho pelo campo de Sant'Anna, com a portinhola entreaberta e a bota estendida para o estribo, avistei entre as arvores sem folhas o portão negro da casa da titi!

Mas não é esta lindeza do nosso Rocio, o ladrilhinho, as arvores, a estatua, o theatro...

arvores, nóras humedecidas, donde sahe a frescura do chão, montes solitarios, parece que os prohibe aos desgraçados:

A tresuar, afflicto, depois de espesinhado, ainda esse sêr molle e gordo, aos quarenta annos, cria na existencia como as arvores e as creanças crêem.

Uma casinha velha, um quintalorio com seis arvores, um fio rumoroso d'agua e as janellas abrindo para a sombra amiga das fructeiras.

Dão-nos as arvores toda a sua sombra: nunca nos enganam.

Ser por cobardia, para não ter este aguilhão da vaidade a espicaçar-me:Então tu não fazes, e este, aquelle, o diabo, fizeram!Ser para sonhar e para vêr este espectaculo unico-a natureza; para passar os meus dias vendo as transformações d'uma d'aquellas arvores que d'aqui contemplo!...

A natureza, arvores, montes, rios, esse pelago que vejo do meu quarto deixa-os indifferentes; as horas de preguiça e sonho deixam-os indifferentes.

Arvores acenando-me com os braços, vozes d'aguas fartando as terras imbebidas?

Vêr ao arvores e montes, a esse esguio philosopho habituado a conviver com velhos cartapacios, parecia-lhe tão irrealisavel como subir ás estrellas.

Ando a inventar uma lingua nova, que seja como a das fontes e a das arvores, quando desponta março, para te exprimir o que sinto.

As arvores levam todo o inverno a sonhar inchadas e um dia acordam desfeitas em sonho.

É como certas arvores que, deitadas abaixo, deixam sempre profundas e inabalaveis raizes no solo.

Se as arvores não fossem necessarias, existiriam arvores?

Se as arvores não fossem necessarias, existiriam arvores?

Falam em nós as montanhas, as arvores, as nuvens, e fala até,

Que é preciso para que as arvores abaladas se carreguem de flor?

Agua, se ha agua no universo, o que elle mal presente, quer vel-a jorrar inexgotavel entre as suas mãos, cheia de scintillações e murmurios; montes, se ha montes, quel-os subir e calcar sob os pés; e as arvores, e o ceo, e as mulheres com toda a sua immaterialidade de flor.

Vocês nunca viram fóra onde existem arvores?...

Sim ha arvores e aguas...

Tudo se envolve em agua, arvores, matto, campos ensopados: nos montes corre um oceano:

Sei que ha arvores, o mar, rios, mas nunca ninguem os viu ao ...

Juro-o, as arvores falam com o luar, as montanhas namoram-se ao luar.

No céu brilham estrellas e sente-se sobre as terras lavradias o nevoeiro espesso, que das arvores tomba em gotas grossas como chuva de verão.

Sei agora que existem arvores porque ouço o seu ruido e a sua voz...

arvores brancas todas flor, abrunheiros em flor, e uma hora fica absorvido defronte d'um velho muro, encostado ao qual uma macieira treme, carregadinba de flor.

Para as arvores despidas não bolem.

Ao estalido das pinhas, abafadas na cinza, repartem um pão que é o suor do seu rosto, bebem um vinho aquecido em arvores que as suas mãos cortaram.

Estancam a sêde da terra, fazem inchar as raizes e crescer as arvores;

Das arvores do valle, que verdecem, Ricas d'encantos, co'a estação propicia; Suavissimo aroma, que manando Das variegadas flores, derramadas

E os nossos sonhos eram de que as arvores projectassem no chão outra calma que não as suas sombras...

Os vultos ao sol d'aquellas arvores antigas...

E os navios passam por dentro dos troncos das arvores

Esta paysagem toda, renque de arvores, estrada a arder em aquelle porto, E a sombra d'uma náu mais antiga que o porto que passa Entre o meu sonho do porto e o meu vêr esta paysagem E chega ao de mim, e entra por mim dentro, E passa para o outro lado da minha alma...

Andam por cima das copas das arvores cheias de sol, Andam visivelmente por baixo dos penedos que luzem ao sol,

A natureza requintou em lhe deformar as arvores, dando á Villa-Feia uma flora monstruosa, invertendo o tempo das flores e dos fructos e afeiando as plantas de melhor raça.

Mas não é sómente nas velhas arvores, que os do povo inculcam como plantadas pelo Templario, que as deformações se notam.

O furioso aquilão curva todas as arvores da floresta, desde o carvalho ao canaviál.

Dormindo num beatífico torpôr, A casaría, as arvores, as rosas...

Erguem-se ao ar as ramas desnudadas Das arvores agrestes;

Ouvira desde creança citar os egregios nomes de Ferreira Borges e Fernandes Thomaz, arvores frondosas de civilisação, regadas com o sangue de Gomes Freire, e de outros martyres iniciados da revolução.

As folhas das arvores cahiam, como varejadas, e os troncos lascavam aqui e alli, que os bésteiros de Garcia Manrique faziam a sua obrigação.

E para isso, para afugentar terrores e negrumes, para que tenhas saude, vida e amoré forçoso que tu viages, que deixes a tua aldeia e as tuas arvores, que arranjes a tua mala, que te despeças dos teus conhecidos e que partas.

Grupos de homens, de mulheres e de creanças appareciam por entre as arvores, e ora se adiantavam a medo ora se retrahiam, testemunhando nos gestos o espanto que lhes causavam as embarcações, as velas, as vergas, os mastros, cousas como que animadas e sobrenaturaes, que pareciam obedecer ao impulso de uma vontade unica.

Cingir-nos-hemos, pois, a dizer que, tendo o capitão mandado reconhecer o paiz, e sabendo que era fertil, retalhado de rios caudaes, coberto de arvores fructiferas, e povoado por gentio docil, com o qual se mostrava facil a entrada, resolveu tomar solemnemente posse d'essa região, oceano de soberbas e virginaes florestas em que parecia reproduzir-se o eden dos livros sanctos.

Que de encantadores passeios não realizaram Ronquerolle e a linda rapariguinha sob as arvores que ensombram a fonte de Médicis!

o murmurio da agua, caindo, perturbava o silencio da noite, ouvindo-se de vez em quando o vento silvar por entre as folhas das arvores, nos telhados visinhos da egreja e nos ulmeiros dos ribeiros.

As pedras amontoaram-se, as silvas e as ervas cobriram-as, os parasitas invadiram-as, mas as arvores resistiram á acção do tempo.

sitio campestre, debaixo d'essas arvores centenarias, no meio do silencio da natureza.

Não fiqueis immovel debaixo d'estas arvores, minha senhora, os vossos criados perceberão que não estaes .

como a sua existencia estava ainda incompleta, e teve como que um grande arrependimento de tantos annos perdidos , e que se assemelhavam a um campo arido sem arvores, sem verdura e sem flôres.

A vista das casas disseminadas, como que em monticulos, por entre o verde das arvores e dos pinheiraes numa extensão de mais de quatro kilometros, suggere-nos a ideia de que Deus as atirara para cima da verdura d'aquellas collinas, como o lavrador atira a mão-cheia da semeadura á terra fecundante.

aspirarás a largos sôrvos o ar purificado pela folhagem de centenares de arvores, cruzado pelo esvoaçar de milhares de avesinhas silvestres e aromatisado pelo odôr de myriades de florinhas espalhadas por estes campos além; e o teu rosto adquirirá as côres róseas das pintadas maçãs camoêzas que aqui ha em abundancia.

O ar, sem um movimento, sem a mais leve aragem, conservava as arvores em completo repouso.

Amando religiosamente a sua aldeia, alli vegeta sem ambições, idolatrando os torrões que seus paes regaram com o suor da sua fronte, colhendo os fructos das arvores que elles plantaram, e plantando outras de que seus filhos depois colherão os fructos.

amo-te nas arvores despidas de folhagem destas collinas;

N'esse verdadeiro oasis, alcatifado de verdura, regado pela agua que corre de suas nascentes, e onde a palmeira, vergando ao pêso de seus cachos de tamaras, sobresaía no meio de outras arvores fructiferas, como sendo o caracteristico predominante das paizagens orientaes, os homens da caravana fizeram uma ablução geral, chamada ghort, substituiram os seus trajos de viagem pelo ihram, o calçado pelas chinelasbesmak, e perfumaram-se.

No mesmo solo humedecido, e alcatifado de flôres odoriferas, crescem elegantes arbustos, emquanto que as trepadeiras, o cipó flexivel, os pampanos carregados de uvas pretas, se abraçam ao tronco das arvores protectoras, revestindo-os de gala, subindo até se suspenderem de seus ramos, e formarem grinaldas graciosas.

Situadas em lugares altos, á sombra de copadas arvores, e sómente por excepção em subterraneos, tinham muitas a fórma circular, e as suas portas nos quatro pontos cardinaes.

e, se não pódes defender-te d'estes prazeres traiçoeiros, meu filho, consente que tua mulher se não aparte das arvores onde a chamam as saudades;

formosissimas arvores de grande sombra, nas quaes se deveria pensar ao escolher o logar para as habitações e limitar os jardins que as rodeiem.

seduziu-a com geléa: geléa que se apanhava da rezina das arvores.

O vento retalha-nos a cara, e põe nas pobres arvores sem folhas umas tremuras de velhinho, a esconder sob os farrapos as carnes enregeladas.

Cresciam por toda a parte altas e poderosas arvores, que apertavam a architectura renascença do palacio; por toda a parte cantavam em fontes, em cascatas, em repuxos, aguas claras.

Escadas brancas de balaustradas ligavam as depressões de terreno; e por toda a parte uma grande alegria de flôres e de arvores viçosas, pinheiros, carvalhos, arbustos de folhas variados, jasmineiros trepadeiros, que sorriam, trementes, nos minusculos jasmins, entre a folhagem verde.

Por toda a parte uma exhuberancia de flores, que nasciam em canteiros, amores perfeitos de velludos quentes, pequeninos myosotis, quasi brancos no seu azul virginal; outras que subiam pelas arvores;

Tudo sorria, tudo gritava, na confusão da manhã clara; estendia-se pelo ceu o sol, batia nos flocos de nuvens que se doiravam, extraindo de toda a terra uma alegria immensa, que subia no fumo, que cantava na viração leve arrastando-se pelas arvores altas, manifestava-se nas folhagens claras, envolvia tudo.

André foi crescendo livremente, em correrias doidas, traquinas e imprudentes, subindo ás arvores, despindo-se e atirando-se para as bacias de marmore, sempre perseguido pela miss loira e terna, que lhe ensinava inglez.

E Barcelona que se alastra em renques de arvores nas ruas largas, com seus palacios, suas avenidas, as Ramblas onde se apertam catalães silenciosos, os mercados de flôres cheios de gardenias, de jasmins e rosas, pareceu-lhes triste, porque alli se deviam separar.

o imprevisto das suas áções sem logica, que nada faziam prever, quasi sem realidade, como essas arvores que teem um metro de raizes fóra da terra. Lady Hanswell, passado o segundo anno de viuvez ainda carpia nas palavras baixas em que recordava o marido, nos olhos que de tantas lagrimas regadas eram frescos como fetos nascidos á beira dos regatos,

as folhas das arvores immoveis.

Na paz daquelas arcadas contemplamos o mundo despido de lutas inglorias, de ódios e malquerenças, e a nossa imaginação, livre das contrariedades e dos sobresaltos fomentados pela vida presente, embala-se no doce arroio das avesinhas que saltitam pelas arvores floridas quasi obrigando os nossos labios a murmurar com elas: Bemdito seja o Senhor!

Talvez as arvores e os montes nos preparem melhor para o sepulchro e para o verme, ainda que eu julgue que não ha como um 6.^o andar, com livros e papeis, e um cinematographo no rez do chão, para acabar com a vida.

Camillo não encontrou decerto resignação nas arvores, nem nos montes, porque, para o mestre, em toda a natureza o homem existia:

Aplicando ás arvores, ás vides, ás plantas emfim, o methodo de Brown-Séquard.

Flores são arvores abrindo em cima no céo em parasoes roxos;

o seu ermar solitario pela serra de Cintra, bradando ás penhas e entalhando no tronco das arvores o nome de Beatriz;

Alguma vez quizeram trepar ás arvores, mas a mãe não consentia; não era bonito.

Paulo era mais aggressivo, Pedro mais dissimulado, e, como ambos acabavam por comer a fructa das arvores, era um moleque que a ia buscar acima, fosse a cascudo de um ou com promessa de outro.

Chegou a apanhar uma hypothese, especie de andorinha, que avoaça entre arvores, abaixo e acima, pousa aqui, pousa alli, arranca de novo um surto e toda se despeja em movimentos.